Tamanho do texto

Caso aconteceu no Complexo de Gericinó; homem não contava que agentes usariam scanner e acabou sendo flagrado com os entorpecentes no corpo

Drogas arrow-options
Divulgação
De acordo com a Seap, preso expeliu voluntariamente o material após ter sido flagrado por scanner

Um homem preso na unidade prisional Serrano Neves, no Complexo de Gericinó, Zona Oeste do Rio, foi pego com diversos tipos de drogas no estômago após o dia de visita.

Leia também: Mesmo se PEC passar, prisão em 2ª instância pode ser barrada novamente no STF

De acordo com a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária, o detento engoliu as drogas para tentar escapar da revista, porém, não contava que os agentes iriam usar o scanner, que fica na porta do presídio.

Ainda segundo a pasta, no estômago do homem tinham oito saquinhos de maconha e 34 embalagens de plástico com uma pasta resinosa preta, material que pode ser usado na produção de drogas.

Durante a revista pessoal, os agentes encontraram um saquinho de maconha com um outro preso. Eles foram levados à delegacia para registro da ocorrência.

Leia também: Laudo mostra que jovens foram torturados por soldados do Exército no Rio