Polícia
Divulgação/Polícia Civil
Polícia constatou que o local era utilizado para a realização de abortos

A Polícia Civil descobriu, nesta quinta-feira (28), uma clínica clandestina na Rua Hannemann, no centro de São Paulo, e prendeu um falso médico que atuava no local. 

Leia também: Nova fase de operação da PF investiga propina para cancelar a 'Castelo de Areia'

O imóvel tinha três andares, um deles utilizado para a prática de jogos de azar. No primeiro andar havia uma clínica clandestina provavelmente utilizada para fazer abortos, de acordo com a Polícia

Polícia
Divulgação/Polícia Civil
Polícia apreendeu medicamentos sem autorização da Anvisa

Um massagista chinês de 35 anos foi preso no local, além de medicamentos sem a autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Ele foi indiciado por exercício ilegal da medicina e falsificar, corromper e adulterar produtos medicinais. 

Leia também: Operação da Polícia Civil prende PMs que extorquiam comerciantes no Rio

Também foram apreendidas agulhas, cadeiras para exame ginecológico, pinças, bisturis, materiais para curetagem e fichas de pacientes.  No momento da ação, os agentes ainda flagraram duas pacientes, uma delas afirmou que buscou atendimento no local por não estar passando bem e pagou R$ 180 pela consulta. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários