Tamanho do texto

Nas imagens, é possível ver o momento em que o sargento Alexandre da Silva Teixeira tenta pegar a arma de um dos bandidos e acaba sendo baleado

PM arrow-options
Reprodução
Polícia busca por informações sobre os assaltantes que mataram o sargento

Um vídeo divulgado nesta quinta-feira (14) mostra o momento em que o PM Alexandre da Silva Teixeira , de 45 anos, entrou em luta corporal com os bandidos que assaltaram um ônibus da linha 383 (Realengo x Praça da República), na noite de segunda no Rio de Janeiro.

Leia também: Weintraub diz que Proclamação da República foi "primeiro golpe de estado"

Na ocasião, o sargento da PM tentou imobilizar os criminosos, quando foi baleado, na altura da Mangueira, na Zona Norte do Rio. No vídeo, é possível ver os dois assaltantes na parte de trás do veículo, quando o policial, que estava à paisana, reage. Ele tenta pegar a arma de um dos criminosos, quando é alvo dos tiros.

Depois dos tiros, o motorista do ônibus tentou socorrer o sargento na UPA do Engenho de Dentro, mas ele não resistiu aos ferimentos. Até o momento, não informações sobre o paradeiro dos bandidos.

Alexandre estava há 22 anos na PM e deixou companheira e um filho. Com a morte dele já chega a 56 o número de agentes da segurança pública assassinados no Rio somente em 2019. São 52 PMs, um policial civil, um guarda municipal, um militar da Aeronáutica e um militar do Corpo de Bombeiros.

Leia também: "Se Bolsonaro obstruir a Justiça, é dever do STF agir", diz jurista