óleo no mar
Agência Pública
Óleo que atingiu a costa do Nordeste pode chegar às praias do Rio de Janeiro.

Autoridades temem que o óleo que atingiu a costa do Nordeste chegue até as praias do Rio de Janeiro nos próximos dias. Para evitar contaminação das praias, o governo do Estado do Rio  criou um grupo de trabalho especial para monitorar a costa fluminense. O intuito do grupo é garantir que haja resposta de imediato, caso o petróleo chegue no litoral carioca.

A secretária estadual do Ambiente e Sustentabilidade Ana Lúcia coordena as ações. O estudo é composto por técnicos da secretaria e do Instituto Estadual do Meio Ambiente (Inea).

Leia mais: Eduardo Bolsonaro divulga logomarca do partido Aliança pelo Brasil


"O Inea realizou a capacitação de 80 pessoas, entre técnicos da Defesa Civil estadual, do Corpo de Bombeiros e do próprio órgão ambiental, além de militares do Exército para atuação em caso de surgimento de óleo na costa, disse o Inea em nota enviada ao Estadão.

A capacitação da equipe que está disponível para atuar em caso de contaminação por óleo foi iniciada nesta segunda-feira (11).

Segundo o Laboratório de Análise e Processamento de Imagens de Satélite (Lapis) da Universidade Federal de Alagoas, a direção e intensidade das correntes marítimas e ventos na superfície do mar vão ser determinantes para a chegada do óleo no Rio de Janeiro. 


    Veja Também

      Mostrar mais