Diretor e outros dois policiais que trabalhavam no colégio foram afastados do cargo
CEPMG Perillo / Facebook
Diretor e outros dois policiais que trabalhavam no colégio foram afastados do cargo

O diretor do Colégio Estadual da Polícia Militar de Goiás João Augusto Perillo, na cidade de Goiás , foi afastado após uma aluna denunciar ter sido revistada nua junto a outros colegas dentro da instituição.

O Conselho Tutelar da cidade recebeu a denúncia por meio do pai de um aluno do 9º ano do colégio . Segundo ele, um policial homem e uma policial mulher foram designados para levar os alunos até o banheiro, instruí-los a tirar as roupas e agachar cinco vezes.

Leia também: Escola se desculpa após colocar caixas na cabeça de alunos durante prova

O motivo da revista seria uma denúncia de que os alunos estavam portando drogas e praticando tráfico dentro da instituição. Nenhum dos fatos denunciados, porém, foi comprovado pela polícia.

Por meio de nota divulgada à imprensa, o Governo de Goiás afirmou que os dois policiais e o diretor foram afastados do local e que um procedimento administrativo foi instaurado para investigar os fatos relatados.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários