Tamanho do texto

Intenção dos voluntários de praia do Grande Recife, em Pernambuco, era conseguir chamar atenção de helicópteros que sobrevoam áreas com óleo

voluntários nas prais de pernambuco arrow-options
Reprodução/TV Globo
Voluntários escreveram na areia, ao lado do óleo, pedido de socorro com itens que estão em falta para limpar área.

O óleo que contaminou o litoral nordestino atingiu mais praias pernambucanas. O município do Cabo de Santo Agostinho, localizado no Grande Recife apresentou novas manchas na manhã desta segunda-feira (21).

Voluntários que estavam limpando, por conta própria, os resíduos concentrados na areia e no mar escreveram mensagens na areia como 'SOS', 'luva' e 'trator', para que imagens aéreas que estavam sendo captadas na região pudessem divulgar as necessidades do grupo. 

Leia mais: Óleo recolhido em praias do Nordeste já chega a 525 toneladas

As mensagens foram captadas por volta das 6h30 e registradas em imagens da TV Globo. Segundo informações apuradas pelo G1, um dos voluntários que estava ajudando contou que a retirada do petróleo em algumas áreas está complicada porque o material grudou nas pedras. 

A limpeza no litoral pernambucano e em outros estados do Nordeste contam com a ajuda de voluntários para limpar as manchas de óleo.