Petróleo em praia
Foto: Reprodução/Instagram
Manchas chegam ao litoral pernambucano, na praia de Tamandaré

A Marinha informou no domingo (20) que o volume de resíduos de óleo recolhidos nas praias do Nordeste já chegou a 525 toneladas. O material vem sendo retirado das águas desde o dia 2 de setembro, quando surgiram as primeiras manchas de petróleo na Paraíba. O governo federal prometeu repassar recursos para os estados intensificarem ações de monitoramento e limpeza na região.

Quase dois meses depois do início do vazamento, autoridades ainda não conseguiram mostrar como o óleo começou a se espalhar pelo litoral . Cientistas calculam que o ponto de origem do despejo esteja em uma área entre 600 km e 700 km da costa brasileira.

Leia também: Manchas de óleo no Nordeste se concentram em Pernambuco, diz Marinha

O presidente da Comissão de Meio Ambiente do Senado, Fabiano Contarato (REDE-ES), critica a omissão do poder público ao lidar com o desastre ambiental. "O governo não sabe absolutamente nada".

O Bahia promete entrar em campo nesta segunda contra o Ceará pelo Campeonato Brasileiro com a sua tradicional camisa tricolor com manchas de óleo.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários