Tamanho do texto

Caso foi registrado como injúria racial em delegacia de Salvador. Discussão foi iniciada após casal dizer que havia colocado parada inexistente na corrida

dois frames, um de rosto de homem, outro de casal na janela de carro arrow-options
Albert Ângelo / Arquivo pessoal
Motorista decidiu registrar discussão após encerrar corrida

Um motorista de aplicativo da cidade de Salvador, na Bahia, registrou o momento no qual uma mulher comete injúria racial e diz que a “ corzinha ” dele é “meio complicada”.

Albert ngelo Santana, de 30 anos, começou a gravar o vídeo no próprio celular quando chegou ao destino final da corrida e os passageiros começaram a discutir com ele por não ter feito uma parada que não estava selecionada no aplicativo.

Leia também: Mulher denuncia colega que desejou volta da escravidão para fazer sexo com ela

"Eu preciso me retirar, senhora, já chegou no seu destino já”, afirmou o motorista . Por quase dois minutos, os passageiros discutiram com ele. “Espero que você encontre alguns clientes que lhe queiram bem, porque você é muito grosseiro. Se você for grosseiro desse jeito vão retornar para você a mesma grosseria”, afirmou a passageira.

Ela sai do veículo e bate a porta, assim como o outro passageiro. Da janela do carro, a mulher se aproxima de Albert e diz “sabe o que é? Sua corzinha que é meio complicada”. O caso foi registrado como injúria racial e a suspeita será ouvida pelo delegado na próxima semana.

Confira a gravação completa:


    Leia tudo sobre: aplicativo