Tamanho do texto

Pessoas que estão debaixo do prédio que desabou em Fortaleza conseguiram entrar em contato com familiares e também com o Corpo de Bombeiros

Prédio desaba Fortaleza arrow-options
WHATSAPP/REPRODUÇÃO
O Corpo de Bombeiros utiliza as ligações para auxiliar no resgate dos soterrados.

Familiares de soterrados pelo desabamento de um prédio de sete andares em Fortaleza  (CE), na manhã desta terça (15), conseguiram se comunicar com algumas das vítimas e passar informações para ajudar no resgate, informou o Tenente Romário, assessor do Corpo de Bombeiros do Ceará.

Leia também: Prédio que desabou em Fortaleza estava em reforma

Os bombeiros acreditam que 20  pessoas estavam no prédio no momento do desabamento. Uma pessoa foi resgatada dos escombros sem vida e outras sete com vida. Além disso, duas estão em processo de resgate e em contato direto com os bombeiros por meio das ligações que auxiliam nas buscas.

A equipe estima ainda que haja cerca de dez pessoas desaparecidas, embaixo dos escombros. Segundo os bombeiros, o resgate pode demorar alguns dias.

Duas pessoas foram encaminhadas para hospital estadual. Uma delas está sem consciência e em estado grave; a outra acordada e em estado um pouco mais estável.

Leia também: Assista ao exato momento em que o prédio desabou em Fortaleza

O Corpo de Bombeiros e Defesa Civil estão trabalhando no resgate. O Tenente Romário informou que a equipe está utilizando duas técnicas, por meio de varreduras auditivas, que procura sinal da presença das vitimas nos escombros , e pelos relatos de familiares ou amigos.