Capela histórica destruída por incêndio em Diamantina
Reprodução/redes sociais
Capela histórica destruída por incêndio em Diamantina passará por perícia neste sábado

Uma perícia comandada pela Polícia Civil neste sábado (5) deverá esclarecer as causas do incêndio que atingiu a Capela de Santa Rita no distrito de Sopa, município de Diamantina , Minas Gerais. O templo, que integra o patrimônio tombado da cidade pelo valor artístico, cultural e histórico desde 2003, foi destruído pelo fogo na sexta. Ninguém estava no local no momento do incêndio.

Leia também: Acidente com barcos deixa sete feridos no Rio de Janeiro

Segundo o Corpo de Bombeiros, há a suspeita de que um curto-circuito tenha iniciado as chamas. O fogo destruiu o interior da capela histórica e derrubou a torre central, sobrando apenas as paredes em ruínas, sem desmoronar. O local segue interditado por risco de desabamento.

Leia também: Mesmo preso, João de Deus segue lucrando com medicamentos espirituais

Em nota, a Prefeitura de Diamantina informou que "realiza levantamento de informações sobre as intervenções realizadas na Capela e aguarda os laudos periciais para maior esclarecimento dos fatos ocorridos".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários