Tamanho do texto

Nas redes sociais, usuários compartilharam fotos da fumaça negra avistada de longe e também relataram ter ouvido seguidas explosões

Aproximadamente 30 carros pegaram fogo neste domingo (1º) em um pátio de apreensão veicular da BHTrans, empresa estatal vinculada à prefeitura de Belo Horizonte responsável pela gestão do trânsito e transporte do município. O Corpo de Bombeiros informou que, após ser acionado, mobilizou cinco viaturas para combater as chamas.

Leia também: Mulher usa coberta para fingir que está dormindo e esposo ateia fogo em cama

Cena da tragédia arrow-options
Divulgação / Corpo de Bombeiros
Cena da tragédia


Leia também: Governo foi avisado que grupo planejava incêndio na Amazônia antes do ocorrido

O pátio se localiza no bairro Padre Eustáquio, na região noroeste de Belo Horizonte. De acordo com nota divulgada pelo Corpo de Bombeiros , o incêndio teve início em uma vegetação rasteira nos arredores e o fogo consumiu completamente os veículos atingidos. "Após árduo trabalho, a equipe conseguiu extinguir o incêndio, sendo para isso necessário o uso de 17 mil litros de água", informa o texto.

Leia também: Vídeos mostram desespero de passageiros ao perceberem motor de avião em chamas

Nas redes sociais, usuários compartilharam fotos da fumaça negra avistada de longe e também relataram ter ouvido seguidas explosões. De acordo com a BHTrans , o pátio abriga veículos com o tempo de recolhimento prescrito. Alguns, por causa do fogo , já são considerados sucata e outros serão leiloados no início de outubro.