Letícia Sousa Curado, de 26 anos
Reprodução/ Facebook
Letícia Sousa Curado, de 26 anos


A advogada Letícia Sousa Curado , 26 anos, saiu de casa às 7h de sexta-feira (23) e nunca mais foi vista em Planaltina, no Distrito Federal ( DF ). Antes de seguir para uma para de ônibus, ela esperou uma van escolar buscar o filho de 3 anos.

Durante o dia, Letícia iria para a Esplanada dos Ministérios , onde é funcionária comissionária e depois almoçaria com a mãe. Na agenda do dia, ainda iria para a aula na pós-graduação.

Leia também: "Acabou a palhaçada" da violência contra a mulher no Brasil, garante Damares

 A família percebeu que algo estava errado por volta de 12h, quando Letícia Sousa não apareceu para almoçar com a mãe. Sem visualizar as mensagens e o celular dando desligado, o marido Kaio Fonseca procurou a Polícia Civil. 

Depois de informações desencontradas, os policiais analisaram imagens do circuito de segurança da região em que a jovem estava e encontrou movimentações de um suspeito em um carro branco. 

Era o carro do cozinheiro  Marinésio do Santos Olinto , 41. Dentro do veículo, os policiais encontraram a bolsa e um relógio da advogada. Segundo a polícia, imagens mostram a advogada entrando no carro do homem, que estaria fazendo transporte clandestino em Planaltina. 

Leia também: Policial militar não aceita divórcio e mata mulher na frente do filho de 3 anos

Segundo a polícia, o cozinheiro pode ter feito outra vítima no mês passado. O cozinheiro envolvimento nos dois casos. Equipes de policiais e familiares buscam pela jovem nas matas da região em que o carro do suspeito foi encontrado. 

*Com informações do Metrópoles

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários