Tamanho do texto

Letícia Sousa Curado, de 26 anos, desapareceu na última sexta-feira (23)

Letícia Sousa Curado, 26 arrow-options
Reprodução/ Facebook
Letícia Sousa Curado, de 26 anos


O corpo da advogada Letícia Sousa Curado , 26, foi encontrado na tarde desta segunda-feira (26). Ela estava desaparecida desde sexta-feira (23) quando ia para o trabalho, na Esplanada dos Ministérios, em Brasília. 

O suspeito de ter cometido o crime, o cozinheiro desempregado Marinésio dos Santos Olinto, 41 anos, foi preso na madrugada deste domingo . No carro dele, policiais encontraram objetos da advogada, que é mãe de um menino de apenas 3 anos. 

Leia também: Funcionária do MEC desaparece a caminho da Explanada dos Ministérios

Segundo informações do site Metrópoles, o corpo da jovem estaria dentro de uma manilha perto da fábrica de semente Pioneer , na DF-250.

Para a Polícia Civil do Distrito Federal , o suspeito teria dito que já tinha visto Letícia nas ruas do bairro. Quando a viu, ele parou o carro e lhe deu carona. No percurso, ele a assediou, mas ela se negou. Em seguida, ele a enforcou até a morte e abandonou o corpo dentro da manilha de esgoto.