Tamanho do texto

Professor de educação física conseguiu desarmar adolescente, mas não conseguiu mantê-lo sob seu poder até a polícia chegar ao local

Adolescente invadiu escola do Rio Grande do Sul arrow-options
Reprodução/Google Maps
Um adolescente invadiu uma escola com uma machadinha e feriu seis alunos e uma professora.


O ataque poderia ter sido ainda pior no Instituto Estadual Educacional Assis Chateau Briant, na Região Metropolitana de Porto Alegre, poderia ter sido ainda pior se não fosse a ação de um professor de educação física da instituição. De acordo com o relato de alunos, no momento em que o ataque ocorria no interior de uma sala de aula, o professor de Educação Física, adentrou o local e conseguiu tirar a machadinha das mãos do suspeito.

Leia também: Adolescente invade escola com machadinha e ataca alunos e professora

 Após o atentado, a escola publicou um comunicado em sua página oficial do Facebook. Segundo a instituição, o professor, que não teve a identidade revelada, não ficou ferido durante o ataque. Os feridos — três atingidos pela arma branca do agressor e outros três que foram atendidos por conta do choque — não correm risco de morrer.

"O professor que estava na sala não se feriu. Porém o pânico foi geral. Estamos chocados com o fato, mas queremos tranquilizar a comunidade escolar de que neste momento não há alunos na escola e estamos sendo amparados pelos órgãos de segurança e Secretaria de Educação" diz um trecho do comunicado.