Tamanho do texto

Portaria feita pelo ministro Sergio Moro permite força nacional na esplanada nesta terça e na quarta, com possibilidade de prorrogação se necessário

Guardas da força nacional alinhados e fardados sob céu azul arrow-options
Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Força Nacional tem permissão para atuar por dois dias em Brasília

A pedido do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), o ministro da Justiça, Sergio Moro , determinou o uso da Força Nacional para proteção da área da Esplanada dos Ministérios nesta terça-feira (13) e na quarta-feira (14). 

Nesses dois dias estão previstos atos de protesto contra o governo Jair Bolsonaro . Movimentos ligados a universidades públicas planejam fazer atos na Esplanada contra corte de verbas no ensino superior federal e contra o projeto do governo batizado de Future-se.

Leia também: Lava Jato: mensagens de Dallagnol podem levar a 15 demissões

Segundo a portaria de Moro, a permanência da Força Nacional na Esplanada poderá ser prorrogado. 

Os atos, primeiros puxados por movimentos estudantis desde o dia 30 de maio, são convocados em diversas cidades brasileiras para toda esta terça-feira.