Tamanho do texto

Dupla fugiu da Carceragem de Almeirim na tarde de sábado usando corda de pano. Outros dez tentaram o mesmo plano, mas foram impedidos

presos no pará arrow-options
Reprodução/ Superintendência do Sistema Penitenciário do Pará
Dois presos estão foragidos do Pará após fuga da Carceiragem de Almeirim

O fim de semana foi de tentativas de fuga no sistema prisional brasileiro. No mesmo dia em que um traficante de Angra dos Reis tentou escapar da prisão de Bangu vestido de mulher, vários presos do Pará também buscaram a liberdade.

A Superintendência do Sistema Penitenciário do Pará (Susipe) anunciou por meio de seu site oficial que o Batalhão de Polícia Penitenciária evitou a fuga de dez internos do Centro de Detenção Provisória de Icoaraci, na madrugada do último sábado (03).

Segundo a Susipe, os presos tentaram fugir por um solário com o uso de cordas artesanais chamadas de “teresas”. A ação foi interrompida e a unidade opera com as condições normais. Visitas e demais procedimentos foram restabelecidos neste domingo (04).

Apesar do êxito em Icoaraci, horas mais tarde uma dupla de detentos conseguiu escapar da Carceragem de Almeirim , na região do Baixo Amazonas, também no estado do Pará. Ambos fugiram pelo solário utilizando as mesmas cordas artesanais, feitas de pano.

Leia também: Transferência de presos após rebelião em Altamira é concluída

Nildson Oliveira da Silva e Romildo Ferreira dos Santos estão foragidos e são procurados pela Polícia Militar após a fuga . A Superintendência do Sistema Penitenciário do Pará pede que qualquer um que tenha informação sobre os detentos ligue para o número 181, o sigilo será garantido.