Tamanho do texto

Ivo Herzog se pronunciou por meio de carta aberta na manhã desta terça-feira (30) afirmando que declarações "ultrapassam os limites"

Vladimir Herzog em pronunciamento arrow-options
Instituto Vladimir Herzog
Ivo divulgou carta aberta repudiando ações e falas de Jair Bolsonaro sobre a ditadura

Em carta pública divulgada nesta terça-feira (30), o filho do jornalista Vladimir Herzog falou sobre declarações a respeito de Fernando Santa Cruz.

Em tom de indignação, Ivo Herzog disse que o presidente tem que ser indiciado pelas provocações que fez ao presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Felipe Santa Cruz, quando disse que explicaria o que aconteceu com o pai dele, Fernando Santa Cruz, morto pela ditadura militar.

Leia também: Comissão da Verdade contraria Bolsonaro sobre morte do pai do presidente da OAB

Na carta divulgada por Ivo, ele afirma que a fala de Jair Bolsonaro ultrapassa limites. “O chefe desta Nação afirma publicamente que sabe como foram cometidos esses crimes.
Não há imunidade àqueles autores de tais atrocidades”, disse.

Confira carta completa:

Democracia: respeito ao desejo da maioria.

Por isso, tenho mais observado com indignação o que o presidente eleito tem feito e falado.
Através do Instituto Vladimir Herzog, temos registrado nossa indignação com o desrespeito não a apenas àqueles que pensam diferente do presidente eleito, mas a todos os seres humanos civilizados.

Tudo tem um limite.

A fala do presidente afirmando saber o aconteceu a Fernando Santa Cruz Oliveira passa deste limite.

O atual presidente do Brasil age como se o país fosse o quintal da sua casa e, a população, seus amigos embriagados, dementes!

O Brasil foi condenado pela Corte Interamericana de Direitos Humanos por cometer CRIMES DE LESA À HUMANIDADE.

O chefe desta Nação afirma publicamente que sabe como foram cometidos esses crimes.
Não há imunidade àqueles autores de tais atrocidades.

Bolsonaro TEM QUE SER INDICIADO por cumplicidade , ocultação de cadáver e outros crimes relacionados a morte de Fernando Santa Cruz Oliveira e outras vítimas da Ditadura Brasileira.

O Brasil é uma democracia com instituições fortes e consolidadas.

Que Poder Judiciário convoque Jair Bolsonaro para depor sobre seu conhecimento em relação aos crimes cometidos na Ditadura

Que o Poder Legislativo, nas suas duas casas - Câmara dos Deputados e Senado Federal, convoquem Jair Bolsonaro para depor sobre seu conhecimento em relação aos crimes cometidos na Ditadura.

Ou que estas instituições se embriaguem no Jardim de Jair Bolsonaro.
Basta!