Tamanho do texto

Ele é acusado de abusar de pelo menos cinco crianças e adolescentes que treinam no local e foi preso dentro de casa, que fica localizada em Bangu

Delegacia arrow-options
Reprodução
Professor foi encaminhado para delegacia em Tijuca

Policiiais da 19ª DP (Tijuca), coordenados pela delegada titular Cristiana Bento, prenderam, na manhã desta sexta-feira (19) um homem acusado de praticar estupros contra crianças numa escolinha de futebol no Alto da Boa Vista. Professor de futebol, ele aproveitava a proximidade com as crianças para abusar delas sexualmente. O acusado foi preso em casa, em Bangu, onde mora com a família, mulher e filhos.

Leia também: Grupo terrorista tem plano para matar família Bolsonaro e ministros, diz revista

O crime do professor foi descoberto a partir de uma denúncia feita pelo pai de um jovem de 12 anos que esteve na delegacia com o filho para relatar os abusos sofridos pelo fillho. A criança, segundo a delegada Cristiana Bento, foi encaminhada para o Centro de Atendimento à Criança Vítima para receber assistência psicológica e contar detalhes dos abusos.

-"O relato da criança é muito compatível com a convivência no fato. Ele estava sendo abusado. A partir daí começamos a investigar e descobrimos outros quatro casos de crianças estupradas na mesma escolinha, que fica no Clube Montanha. E há outras denúncias feitas em outras delegacias contra o mesmo acusado", contou a delegada.

Ela disse que em 2012 ele foi denunciado por parentes por ter se masturbado na frente de sobrinhas.

Leia também: PF suspende investigações baseadas em informações do Coaf, Receita e BC

"Descobrimos esse registro. Quatro casos ocorridos na escolinhas de futebol com jovens do sexo masculino com 12 e 13 anos já foram identificados por nós. Mas não descartamos a possibilidade de outros jovens terem sido vítimas de abuso sexual por parte deste homem. Mães estiveram aqui dizendo que seus filhos apresentavam sinais de revolta e já não queriam mais ir às aulas de futebol", disse Cristiana.

O homem foi preso em casa, em Bangu, na Zona Oeste, em cumprimento a mandado de prisão preventiva pelo crime de estupro de vulnerável.