Tamanho do texto

Hélio Pinto de Carvalho (PSDB), de 55 anos, foi assassinado Marcos Alves de de Lima (PSDC); parlamentar foi preso e alega que agiu em legitima defesa

Hélio arrow-options
Reprodução
O prefeito de Naque (MG)Hélio Pinto de Carvalho (PSDB), foi morto a tiros por um vereador da cidade

O prefeito da cidade de Naque, no interior de Minas Gerais, Hélio Pinto de Carvalho (PSDB), de 55 anos, foi morto a tiros na manhã deste sábado (13). O responsável pelos disparos foi  Marcos Alves de Lima (PSDC), vereador do mesmo município.

Leia também: Professor se irrita com bolsonarista e abandona debate em televisão; assista

De acordo com a Polícia Militar de Minas Gerais, o prefeito e o vereador brigaram por conta de uma cerca. Marcos Alves de Lima tem uma propriedade ao lado de um área da prefeitura e estaria tentando cercar o lote.

Durante a discussão o tucano teria agredido o vereador com um chicote. Depois o parlamentar sacou uma arma e atirou seis vezes contra Hélio Pinto de Carvalho, conhecido como Hélio da Fazendinha . O prefeito, que foi baleado no tórax e nas pernas, chegou a ser socorrido e encaminhado para um hospital local, mas não resistiu.

Lima tentou fugir do local, mas acabou sendo detido no município de Governador Valadares. Em depoimento à polícia, o vereador alegou que atirou no prefeito em legitima defesa. Testemunhas disseram que os dois políticos já tiveram outros desentendimentos.