Tamanho do texto

Jornalista Valmir Salaro contou detalhes sobre a vida dA jovem na prisão

Suzane Von Richthofen arrow-options
Reprodução
Suzane Von Richthofen seduziu promotor e médico na cadeia

O repórter investigativo Valmir Salaro revelou, durante uma entrevista no programa Conversa com Bial desta quinta-feira (11), que Suzane Von Richthofen seduziu um promotor de Justiça e um médico durante a prisão.

Leia também: Suzane von Richthofen deixa a cadeia para saída temporária do Dia dos Pais

Condenada a 39 anos de prisão pelo assassinato de seus pais, Manfre e Marísia, em outubro de 2002, Suzane Von Richthofen é uma das criminosas mais infames do País. Ela planejou e executou a morte dos pais ao lado do então namorado, Daniel Cravinhos e do irmao dele, Cristian Cravinhos. 

Valmir Salaro foi um dos repórteres que cobriu o caso na época. Durante a entrevista com Pedro Bial , ele revelou que Suzane que um promotor chegou a se apaixonar pela criminosa, que também conseguiu encantar um médico do complexo prisional.

"Conheço duas histórias: de um promotor de justiça e um médico. O promotor de justiça se apaixonou pela Suzane, no interior de São Paulo, e chegava a pedir para a diretora da cadeia tirar a Suzane da cela e levar para o gabinete que ele montou no Ministério Público como se fosse boate, com som, luz, lanche para ela", revelou Salaro.

Leia também: Suzane Von Richthofen deixa a prisão mesmo após descumprir regras do semiaberto

"Um médico, que trabalhava em presídio em São Paulo, foi denunciado por carcereiros, funcionários, dizendo que ele protegia muito a Suzane . Ele levava pastel para ela, levava ela na clínica dentro do presídio", completou.

Suzane Von Richthofen conseguiu a progressão do regime fechado para o semiaberto em outubro de 2015, exatos 13 anos após o crime de assassinato de seus pais. Com o benefício, ela tem direito a passar páscoa, dia dos pais, dia das mães, natal e réveillon em liberdade. A defesa da criminosa entrou com um pedido para que ela cumprisse o resta da pena em liberdade, mas o recursou acabou negado.