Número de estupros registrados no mês de maio, no comparativo com 2018, subiu de 1036 para 1078
Reprodução
Número de estupros registrados no mês de maio, no comparativo com 2018, subiu de 1036 para 1078

O número de estupros aumentou 4,1% no estado de São Paulo, passando de 1.036 em maio do ano passado para 1.078 em maio deste ano. Já o número de casos e de vítimas de homicídios e latrocínios caiu no mês passado, informou, nesta terça-feira (25), a Secretaria de Segurança Pública.

Leia também: Desafiado por Zambelli a soltar áudio de Moro, Glenn rebate: "Vai se arrepender"

Enquanto os dados sobre estupro cresceram, os casos de homicídio doloso diminuíram 10,9%, passando de 239 para 213, na comparação com maio do ano passado. No indicador de vítimas de homicídio doloso, a queda foi de 10,5%, com 26 vítimas a menos. O número, que passou de 248 para 222, é o menor da série histórica, iniciada em 2001.

Com isso, as taxas dos últimos 12 meses (de junho de 18 a maio de 2019) caíram para 6,48 casos e 6,83 vítimas de homicídios a cada grupo de 100 mil habitantes do Estado. Segundo a secretaria, os índices são os menores do período.

O total de latrocínios caiu 21,1% em maio, passando de 19 no ano passado para 15 casos neste ano. Já o indicador de vítimas caiu 25%, de 20 para 15. A soma de ambos os indicadores de roubos seguidos de morte é a menor da série.

Você viu?

No mesmo período, houve queda dos roubos em geral, de veículos, de carga e a banco e dos furtos de veículos. Os roubos em geral diminuíram 11,5%: foram 21.390 em maio de 2019, ante 24.178 em maio do ano passado.

Os roubos de carga diminuíram 14,2%, passando de 662 para 568. Os roubos a banco caíram de nove para um, com diminuição de 88,9%, o menor total da série histórica. Os casos de roubo de veículos tiveram queda de 21%. Os boletins de ocorrência desta natureza passaram de 5.173 para 4.089, o menor número da série, segundo a secretaria.

Os furtos , em geral, aumentaram 11,6%, chegando a 46.625 casos no mês de maio. Já os furtos de veículos caíram 1,1%, passando de 8.140 para 8.052, também sendo o menor total registrado desde o início da série histórica.

Leia também: Relação com pastor, remédio na comida e 10h de duração: Flordelis depõe no Rio

As polícias do estado fizeram 17.641 prisões ao longo de maio, o que representa aumento de 9,85% e número recorde para período. Foram apreendidas no mês 1.095 armas de fogo e feitos 4.347 flagrantes de tráfico de drogas.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários