Tamanho do texto

Evento deve contar com a presença do presidente Jair Bolsonaro (PSL); público esperado, segundo os organizadores, é de 2 milhões de pessoas

marcha para jesus
Flickr/Governo do Estado de São Paulo
A 27ª edição da Marcha para Jesus, principal encontro evangélico do País, reúne milhares de fiéis em São Paulo

A 27ª edição da Marcha para Jesus, principal encontro evangélico do País, reúne milhares de fiéis nesta quinta-feira (20), em São Paulo. O evento, cujo público ultrapassou a marca de um milhão de pessoas no ano passado, deve contar com a presença do presidente Jair Bolsonaro (PSL) . É a primeira vez que um presidente da República participa da Marcha.

A Marcha para Jesus teve início às 7h, na região da Luz, no centro da capital paulista. A caminhada começou por volta das 9h30 com a Marcha Kids, a marcha das crianças. Depois, o restante dos fiéis partiu em direção à Praça Heróis da Força Expedicionária Brasileira (FEB), perto do Campo de Marte, na Zona Norte.

O governador João Doria (PSDB) subiu em um dos trios elétricos por volta do meio-dia e, ao lado do pastor Estevam Hernandes e Sônia Hernandes, ambos da Igreja Renascer, discursou para a multidão. "Este é o caminho da paz, essa é a marcha da paz, da harmonia, daqueles que amam São Paulo, o Brasil, amam sua família", disse o tucano.

Leia também: Corpus Christi: bancos fecham hoje, mas reabrem amanhã

E acrescentou: "São brasileiros de todas as origens que aqui vêm. Teremos mais de 3 milhões de pessoas aqui. Vamos juntos fazer uma oração, ergam aos mãos aos céus, agradecer a Jesus, a paz, a saúde, a harmonia, viva Jesus, viva São Paulo, viva o Brasil!". Depois, o governador paulista acenou para o público e posou para fotos.

doria na marcha para jesus
Flickr/Governo do Estado de São Paulo
"Viva Jesus, viva São Paulo, viva o Brasil!", discursou o governador João Doria (PSDB) durante a Marcha para Jesus





Ainda não foram divulgados números oficiais, mas os organizadores da Marcha para Jesus estimam que esta será a maior já realizada desde a criação do evento, em 1993. A expectativa é de que o público chegue a 2 milhões de pessoas.