Tamanho do texto

Paulo Germano da Silva também era pastor e tentou correr das facadas, mas levou pedradas do colega em Timbaúba; José Carlos acabou preso

IstoÉ

Pastor preso
Reprodução/Youtube
Pastor é preso após matar religioso em Pernambuco

Um pastor de uma igreja matou um colega com golpes de faca e pedra nesta quarta-feira (29) em Timbaúba (PE). José Carlos da Silva, de 54 anos, deu facadas em Paulo Germano da Silva, de 58 anos, após uma discussão por causa da Bíblia. As informações são do jornal O Povo .

Leia também: Vizinhos trocam pedradas por causa da senha do wi-fi, na Colômbia

O autor do crime foi preso em flagrante e levado para a delegacia da cidade. Segundo a Polícia Militar, os dois estavam conversando atrás da igreja quando começaram a discutir sobre a Bíblia. Durante a confusão, José Carlos pegou duas facas e acertou o colega. A vítima tentou correr, mas levou pedradas. O pastor acusado ainda fugiu e se escondeu na casa da irmão, mas foi localizado pela PM e confessou o crime.

Leia também: Após briga com ex-mulher, pai queima própria filha viva dentro de carro nos EUA

O suspeito do crime foi encaminhado para audiência de custódia no Fórum de Timbaúba, onde será ouvido pelo juiz de Direito da Comarca. O corpo da vítima foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML).