Tamanho do texto

PRF alega que não sabe motivo da morte das duas pessoas, mas envolvidos no protesto dizem que corpos são de mortos em operação policial em Angra

barricada
Divulgação/PRF/RJ
Barricada com corpos queimados foi montada na altura do km 474, próximo ao bairro Lambicada

Um grupo de manifestantes fechou os dois sentidos da Rodovia BR-101, em Angra dos Reis, na Costa Verde, no fim da manhã desta sexta-feira (24). De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), os manifestantes colocaram dois corpos no meio da pista, além de atearem fogo a pneus.

Leia também: Bolsonaro ataca manifestações contra cortes na educação: "Idiotas úteis"

De acordo com as testemunhas, os corpos seriam de duas pessoas que morreram em uma operação nesta quinta-feira em uma comunidade, e o rabecão não havia ido ao local para recolhê-los e levar para o Instituto Médico Legal (IML). 

A PRF , no entanto, alega que ainda não sabe o motivo da morte das duas pessoas. De acordo com os oficiais, sabe-se apenas que os dois morreram na última quinta-feira (23). 

Leia também: Apoiadores de Bolsonaro organizam manifestação pró-governo para o dia 26

O protesto foi no quilômetro 474, na altura do bairro Lambicada. De acordo com a PRF, o ato foi motivado por uma operação da Polícia Militar realizada na quinta-feira. Não há informações sobre a identidade dos mortos . A Rio-Santos foi liberada por agentes da PRF por volta das 11h.