Tamanho do texto

Luciano da Silva Teixeira foi transferido para presídio de segurança máxima; Na cela, foram apreendidos drogas, celulares, wi-fi e mais de R$ 26 mil

Traficante
Reprodução
Na cela em que ele estava foram apreendidos drogas, celulares, wi-fi e mais de R$ 26 mil

O traficante Luciano da Silva Teixeira, conhecido como Sardinha, exibiu fotos com petiscos, cerveja e uma mulher dentro da cela onde estava preso até abril, na Penitenciária Vicente Piragibe, no Complexo de Gericinó.

Leia também: Milícia é investigada por ‘criar’ bairro e cobrar taxa de segurança no Rio

A festa aconteceu próximo ao ano novo e, segundo a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), resultou na transferência do traficante para o presídio de segurança máxima Bangu 1.

" Sardinha " foi preso em 2014 e era apontado como chefe do tráfico da Cidade de Deus, em Jacarepaguá, na Zona Oeste. Após tomar conhecimento das fotos, a Seap encontrou grande quantidade de drogas, 31 celulares, dois roteadores wi-fi e mais de R$ 26 mil em espécie dentro da cela. A secretaria esclareceu, ainda, que registrou a ocorrência na delegacia local e abriu uma sindicância pela corregedoria para apurar o caso.

Desde janeiro, foram apreendidos 4.160 celulares em operação realizada pelos inspetores penitenciários e a operação "Iscariotes" já flagrou nove funcionários com objetos ilícitos nas cadeias apenas este ano. Todos os casos foram encaminhados para a corregedoria e podem ter a pena máxima de demissão.

Leia também: Justiça Militar ouve depoimentos em caso de carro fuzilado por militares no Rio