Tamanho do texto

De acordo com a Polícia Militar, o ato não é considerado crime, mas é uma prática ilegal que pode render de um a cinco anos de prisão e multa

prisão de casal
Reprodução/ RPC
Casal que avisou sobre blitz policial foi detido pela Polícia Militar, mas liberado após assinar termo circunstanciado

Você sabia que avisar em grupos de WhatsApp sobre blitz policiais pode levar a prisão? Um casal na cidade de Sarandi, no norte do Paraná, foi detido pela Polícia Militar do Bairro Jardim Panorama por praticar a atividade.

Leia também:  Motorista é morto a tiros durante briga de trânsito na Zona Oeste do Rio

A abordagem foi realizada neste sábado (11) e o casal que avisou sobre a blitz foi detido por desobediência após resistir à prisão. Os dois irão responder por atentado contra a segurança de serviço de utilidade pública.

Apesar da prisão, de acordo com a polícia não existe uma lei especificando que divulgar ações policiais nas redes sociais e demais meios de comunicação configure crime, porém é uma atitude ilegal que pode render pena de um a cinco anos e até multa.

Leia também:  Homem invade clínica e rouba pacientes que faziam hemodiálise no Ceará

De acordo com informações da Polícia Militar, o casal detido por avisar sobre a blitz assinou um termo circunstanciado e foi liberado.