Tamanho do texto

Criminosos abordaram gerente e familiares dentro de casa e queriam que funcionário sacasse dinheiro em agência bancária no município de Muritiba

gerente refém Bahia
Reprodução/Voz da Bahia
Gerente de banco na Bahia foi abordado em casa por criminosos, na manhã desta terça

Um gerente de banco foi abordado em casa, teve explosivos presos ao corpo e viu seus familiares feitos de reféns durante ação de criminosos no recôncavo baiano, na manhã desta terça-feira (7). Após terem sido cercados pelos policiais, os suspeitos conseguiram fugir sem levar nenhuma quantia.

Leia também: Traficante conhecido como "Mata Rindo" é morto em confronto com policiais

gerente trabalha em uma agência do Banco do Brasil localizada no centro comercial do município de Muritiba. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), os criminosos teriam abordado as vítimas dentro de casa, por volta das 10 horas, e colocado explosivos no corpo do funcionário, para que ele fosse até a agência sacar dinheiro para os suspeitos.

Leia também: Chacina deixa quatro mortos e um ferido na zona norte de São Paulo

Ao chegar à agência , o funcionário teria conseguido avisar aos colegas de trabalho que havia sido feito refém pelos assaltantes. Agentes da 27ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) e foram enviados ao local e os suspeitos acabaram fugindo em um veículo ainda não identificado, com alguns reféns , que só foram libertados em outra cidade.

Leia também: Mulher denuncia racismo após ser acusada de furto em farmácia de Salvador

Posteriormente, equipes do Esquadrão Antibombas do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) foram ao local para retirar os explosivos que estavam presos ao o corpo do gerente com cadeados e correntes. De acordo com a SSP, equipes do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado já deram início às investigações, a fim de identificar e localizar os criminosos.