Bombeiros continuam buscando por vítimas da tragédia em Brumadinho
Diogo Antunes/Photopress/Agência O Globo
Bombeiros continuam buscando por vítimas da tragédia em Brumadinho

O número de mortos encontrados após o rompimento da barragem 1 da Mina Córrego do Feijão da Vale, em Brumadinho, aumentou novamente e chegou a 228 no último domingo (14), segundo a Defesa Civil de Minas Gerais. Ainda há 49 pessoas desaparecidas na região metropolitana de Belo Horizonte.

Leia também: Parentes de vítimas de Brumadinho cobram cumprimento de acordos

Ao longo dos últimos meses, o número total somando mortos e desaparecidos de Brumadinho variou algumas vezes. Isso aconteceu porque a Polícia Civil identificou fraudes e erros na lista de desaparecidos. Na último quinta-feira (11), 16 nomes foram retirados da lista porque haviam sido incluídos erroneamente. Na sexta (12), outros 17 nomes foram removidos da lista.

Você viu?

As buscas pelos desaparecidos continua incessantemente. A assessoria do Corpo de Bombeiros divulgou uma nota agradecendo o apoio dos familiares das vítimas. “Agradecemos a todos pelo apoio que temos recebido, o que nos permitirá seguir buscando por 80 dias mais, se for necessário".

Leia também: CPI de Brumadinho se reúne com Ministério Público nesta terça

Quase três meses após a tragédia em Brumadinho , 139 bombeiros ainda trabalham nas buscas, divididos em 19 frentes de trabalho. Eles têm o apoio de 73 máquinas pesadas e um drone.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários