Tamanho do texto

Nesta segunda-feira (11), três praças de pedágios passaram a fotografar carros que ultrapassaram a velocidade de 40 km/h nas cabines automáticas

Cabines automáticas dos pedágios multam veículos que ultrapassam a  velocidade de 40 km/h
Alex de Jesus - 30.7.2015
Cabines automáticas dos pedágios multam veículos que ultrapassam a velocidade de 40 km/h


Três pedágios no interior de São Paulo já estão multando veículos que excedem a velocidade de 40 km/h ao passarem pelas cabines automáticas (conhecidas como Sem Parar). O flagra é realizado por meio de lombadas eletrônicas, que fotografam os carros por meio de radares instalados ao lado das passagens. As operações começaram na madrugada desta segunda-feira (11).

Leia também: Caminhão bate em marquise e pedágio desaba na rodovia dos Bandeirantes, em SP

Já são 12 radares instalados nas praças de Jaú, Coronel Macedo e Boa Esperança do Sul. Todas ficam no sudoeste paulista, local que dará início aos trabalhos de consciência do motorista em pedágios de passagem automática.

No total, o governo já autorizou a instalação de lombadas eletrônicas em praças de onze cidades. Além das que já estão funcionamento, aguardam homologação as cabines de Ituverava, Sales Oliveira, Sertãozinho, Pitangueira, Pongaí, Marília, Echaporã e Florínea.

Para que as concessionárias possam instalar os radares , é necessária a autorização do Departamento de Estrada e Rodagem (DER), órgão ligado ao governo do Estado.

Leia também: Câmara discute projeto que cria marco regulatório para transporte de cargas

O acordo para a instalação de lombadas eletrônicas nas cabines automáticas veio na renovação de concessões com as empresas que administram as praças. De acordo com a Agência de Transportes do Estado de São Paulo (Artesp), o custo para manutenção de cabines danificadas por veículos que ultrapassavam a velocidade máxima indicada para a passagem era alto e motivo de reclamação das mesmas.

A velocidade máxima de 40 km/h pelas cabines eletrônicas não subiu desde o surgimento das mesmas, em 2000. Ainda que a cancela abra em velocidades superiores, varia entre as praças.

Leia também: Concessionárias de rodovias criticam ajuste de pedágio em São Paulo

Nas cabines automáticas, os veículos passam pelas praças sem a necessidade de parar para efetuar o pagamento, que é realizado por meio de um chip instalado no carro.

Os valores da multa aplicada pelos radares instalados nos pedágios seguem o Código Brasileiro de Trânsito. O motorista que ultrapassar 40 km/h em até 20% comete a infração média e sofre quatro pontos na carteira de habilitação, além de pagamento de multa no valor de R$ 130,16. De 21% a 50% a infração grave e punição de cinco pontos na CNH mais multa de R$ 195,23. Acima de 50%, infração gravíssima, com sete pontos na CNH e multa de R$ 295,47.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.