Tamanho do texto

Bombeiros retomaram buscas com 13 helicópteros e equipe reforçada na manhã deste sábado (26); governo de Minas Gerais decretou luto de três dias

Para Romeu Zema, governador de Minas Gerais, será difícil encontrar pessoas com vida nos escombros da barragem da Vale
Divulgação / Assembleia Legislativa de MG
Para Romeu Zema, governador de Minas Gerais, será difícil encontrar pessoas com vida nos escombros da barragem da Vale


O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (NOVO), disse que será difícil retirar pessoas com vida de dentro dos escombros do rompimento da barragem da Vale, em Brumadinho, Minas Gerais. As buscas pelos desaparecidos foram retomadas na manhã deste sábado (26).

Zema afirmou que "muito provavelmente iremos resgatar, a partir de agora, somente corpos". O desastre com a barragem da Vale aconteceu na tarde de sexta-feira (25), e, até o momento, deixou nove mortos e entre 300 e 350 desaparecidos , de acordo com o Corpo de Bombeiros do Estado. 

Apesar da dificuldade, o governador também disse que os trabalhos no local estão controlados. “Eu diria que apesar de ser uma tragédia de dimensões enormes, a situação está sob controle. As nossas forças estão fazendo o melhor e eu acompanho pessoalmente”, declarou Zema .

Hoje (26), as buscas por sobreviventes, que haviam sido interrompidas durante a madrugada, contam com 13 helicópetros de resgate: cinco do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais , quatro da Polícia Militar do Estado, dois da Polícia Civil de MG, um das Forças Aéreas Brasileiras (FAB) e um do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro.

Até o momento, 189 pessoas foram resgatadas com vida e encaminhadas à hospitais da região. Nove delas foram retiradas da lama. Para ver a lista completa das vítimas encontradas vivas, acessse o final desta reportagem .

Além de moradores da cidade, funcionários da Vale, responsável pelo ocorrido, estão entre as vítimas da tragédia. Segundo informações da mineradora, 427 trabalhadores estavam no local no momento do  rompimento da barragem . Desses, 279 pessoas foram resgatadas com vida. 

Em seu site oficial, a empresa disponilizou uma lista com o nome de mais de 400 pessoas que ainda não foram encontradas . A Vale pede que, caso algum sobrevivente esteja na lista, informa através do telefone  0800-821-5000.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas