undefined
Agência Senado
Diretor de redação da Folha de S. Paulo, Otavio Frias Filho morre aos 61

Morreu nesta terça-feira (21), em São Paulo, o jornalista, escritor e ensaísta Otavio Frias Filho, aos 61 anos. O diretor de redação do jornal  Folha de S. Paulo  teve câncer no pâncreas e estava internado no Hospital Sírio Libanês, na capital paulista.

Leia também: Morre Kofi Annan, ex-secretário da ONU e ganhador do Nobel da Paz, aos 80 anos

Otavio Frias Filho deixa as filhas Miranda, de 8 anos, e Emília, de 1 ano, que teve com Fernanda Diamant, editora da revista literária Quatro Cinco Um, e os irmãos Maria Helena, médica, Luiz, presidente do Grupo Folha e Maria Cristina, editora da coluna Mercado Aberto.

O velório acontecerá a partir das 11h30 e a cerimônia de cremação, às 13h30, no cemitério Horto da Paz, em Itapecerica da Serra.

Por 34 anos comandou a Folha de S. Paulo , promovendo mudanças e buscando atualizações. Era conhecido por ser um inquieto. Foi um dos responsáveis pela implantação do “Projeto Folha”, conjunto de medidas editoriais que define o estilo de escrita e conduta característico do veículo, considerado um dos marcos da imprensa brasileira.

Leia também: Aos 72 anos, morre o vice-prefeito do Rio de Janeiro, Fernando Mac Dowell

A partir destes princípios, foi elaborado também o Manual da Redação , lançado em 1984, primeiro livro do gênero colocado à venda.

No início dos anos 1980, Frias Filho assumiu a chefia do jornal, quando teve papel crítico ao regime militar, diante do período da campanha “Diretas Já”. Ele defendia a tese que cabia ao jornalismo ser sempre crítico ao governo, independente de quem estivesse no comando do País.

Após o fim da ditadura, continuou seu papel de crítico: em 1992, chegou a ser processado pelo ex-presidente Fernando Collor de Mello, durante o impeachment do hoje senador de Alagoas.

No período de 1994 e 1999, colaborou com a coluna semanal na página 2 da Folha, de opinião, onde abordou temas sobre a estabilização econômica do País, e desdobramentos políticos do governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

Leia também: Justiça determina multa de R$ 100 mil a Facebook por posts falsos sobre Marielle

Formado em direito e com pós-graduação em ciência política, Otavio Frias Filho também escreveu peças de teatro e livros. Nos últimos anos, escrevia uma coluna no caderno Ilustríssima, de cultura.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários