Tamanho do texto

Aos 61 anos, o mentor do "Projeto Folha", considerado um marco na imprensa brasileira, também já havia escrito peças de teatro e livros

Diretor de redação da Folha de S. Paulo, Otavio Frias Filho morre aos 61
Agência Senado
Diretor de redação da Folha de S. Paulo, Otavio Frias Filho morre aos 61

Morreu nesta terça-feira (21), em São Paulo, o jornalista, escritor e ensaísta Otavio Frias Filho, aos 61 anos. O diretor de redação do jornal  Folha de S. Paulo  teve câncer no pâncreas e estava internado no Hospital Sírio Libanês, na capital paulista.

Leia também: Morre Kofi Annan, ex-secretário da ONU e ganhador do Nobel da Paz, aos 80 anos

Otavio Frias Filho deixa as filhas Miranda, de 8 anos, e Emília, de 1 ano, que teve com Fernanda Diamant, editora da revista literária Quatro Cinco Um, e os irmãos Maria Helena, médica, Luiz, presidente do Grupo Folha e Maria Cristina, editora da coluna Mercado Aberto.

O velório acontecerá a partir das 11h30 e a cerimônia de cremação, às 13h30, no cemitério Horto da Paz, em Itapecerica da Serra.

Por 34 anos comandou a Folha de S. Paulo , promovendo mudanças e buscando atualizações. Era conhecido por ser um inquieto. Foi um dos responsáveis pela implantação do “Projeto Folha”, conjunto de medidas editoriais que define o estilo de escrita e conduta característico do veículo, considerado um dos marcos da imprensa brasileira.

Leia também: Aos 72 anos, morre o vice-prefeito do Rio de Janeiro, Fernando Mac Dowell

A partir destes princípios, foi elaborado também o Manual da Redação , lançado em 1984, primeiro livro do gênero colocado à venda.

No início dos anos 1980, Frias Filho assumiu a chefia do jornal, quando teve papel crítico ao regime militar, diante do período da campanha “Diretas Já”. Ele defendia a tese que cabia ao jornalismo ser sempre crítico ao governo, independente de quem estivesse no comando do País.

Após o fim da ditadura, continuou seu papel de crítico: em 1992, chegou a ser processado pelo ex-presidente Fernando Collor de Mello, durante o impeachment do hoje senador de Alagoas.

No período de 1994 e 1999, colaborou com a coluna semanal na página 2 da Folha, de opinião, onde abordou temas sobre a estabilização econômica do País, e desdobramentos políticos do governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.

Leia também: Justiça determina multa de R$ 100 mil a Facebook por posts falsos sobre Marielle

Formado em direito e com pós-graduação em ciência política, Otavio Frias Filho também escreveu peças de teatro e livros. Nos últimos anos, escrevia uma coluna no caderno Ilustríssima, de cultura.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.