Tamanho do texto

A Polícia Militar do Rio de Janeiro matou 142 pessoas no mês de maio de 2018. Isso representa um aumento de 46% em relação a maio de 2017, quando 97 pessoas foram mortas durante operações policiais

Polícia do Rio de Janeiro matou 142 pessoas no mês de maio de 2018
José Lucena/Futura Press - 13.10.15
Polícia do Rio de Janeiro matou 142 pessoas no mês de maio de 2018

A Polícia Militar do Rio de Janeiro matou 142 pessoas no mês de maio de 2018. Isso representa um aumento de 46% em relação a maio de 2017, quando 97 pessoas foram mortas durante operações policiais. Os dados são do Instituto de Segurança Pública (ISP) e foram divulgados nesta sexta-feira (15).

Leia também: Metade dos homicídios em 2016 ocorreu em apenas 2% das cidades brasileiras

Em comparação com o mês de abril, foram 41 vítimas a mais. Tecnicamente, as mortes são contabilizadas como “auto de resistência”, isto é, decorrentes de enfrentamento de criminosos com a polícia . Juristas, advogados e defensores públicos, contudo, contestam o uso do termo, já que ele pode mascarar execuções sumárias por parte da polícia carioca, uma das mais letais do mundo.

Outros indicadores de violência, como a letalidade violenta (homicídio doloso, latrocínio, lesão corporal seguida de morte e homicídio decorrente de oposição à intervenção policial) também aumentaram. Foram 33 vítimas a mais no estado em maio de 2018, na comparação com o mesmo período do ano passado.

Ao todo, foram registradas 576 vítimas de letalidade violenta, um aumento de 6%. Já em relação ao mês de abril, foram 16 vítimas a menos.

Leia também: Polícia indicia 4 por morte de jovem após choque elétrico no pré-carnaval de SP

Roubos de veículos, por sua vez, apresentaram redução. Foram 4.382 veículos roubados no estado, uma queda de 5% em relação a maio do ano passado, ou 214 roubos a menos. O município de São Gonçalo, na região metropolitana do Rio, foi onde ocorreu o maior número de roubo de veículos, com um aumento de 27% (ou 141 casos a mais). A região concentrou 15% do total de roubos de veículos.

A greve dos caminhoneiros foi um dos fatores que contribuiu para a redução do roubo de cargas em maio. Em maio de 2018 foram 752 ocorrências, 488 a menos do que o registrado em maio do ano anterior.

O roubo de rua (roubo a transeuntes, de aparelho celular e em coletivo) foi outro crime que apresentou redução. Foram 11.861 registros, uma queda de 1.972 ocorrências em relação a maio do ano anterior. Em relação ao mês de abril o indicador apresentou aumento de 804 ocorrências.

Os dados divulgados pelo Instituto de Segurança Pública (ISP) são referentes aos registros de ocorrência lavrados nas delegacias de Polícia Civil durante o mês de maio.

* Com informações da Agência Brasil

Leia também: Assassinato de Marielle completa três meses: "vamos seguir na luta", diz viúva

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.