Tamanho do texto

O TSE cassou os mandatos de Marcelo Miranda (MDB) e da vice, Cláudia Lélis (PV), por arrecadação ilícita de recursos para campanha em 2014; veja mais

Hoje, os eleitores do Tocantins terão de escolher entre sete candidatos ao governo do estado
Nelson Jr./ ASICS/ TSE
Hoje, os eleitores do Tocantins terão de escolher entre sete candidatos ao governo do estado

Milhares de eleitores do Tocantins vão às urnas neste domingo (3) para eleger um novo governador do estado. As eleições suplementares acontecem depois de o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) cassar, em março, os mandatos de Marcelo Miranda (MDB) e da vice, Cláudia Lélis (PV), por arrecadação ilícita de recursos para campanha em 2014.

Leia também: Ônibus param de circular em Natal após ataque de criminosos

Hoje, os eleitores do Tocantins terão de escolher entre os candidatos Carlos Amastha (PSB), Katia Abreu (PDT), Marcos de Souza Costa (PRTB), Márlon Reis (Rede), Mauro Carlesse (PHS) e Vicentinho (PR). Já o candidato Mário Lúcio Avelar concorre, mas sub judice, o que significa que o registro de candidatura ainda está esperando decisão final do tribunal.

Quem for eleito agora permanecerá no cargo até 31 de dezembro deste ano, já que em outubro do ano que vem acontecem novas eleições para governador.

Segurança da força federal no Tocantins

E as eleições suplementares no estado acontecem com a segurança da força federal, já que o TSE aprovou o envio das tropas na última terça-feira (29).

Eleições suplementares em municípios

Não é só o nome do novo governador do TO que conheceremos neste domingo. Também acontecem eleições suplementares em 20 municípios, onde os eleitores deverão escolher nomes para as prefeituras. Ao todo, 1,5 milhão de pessoas devem participar dos pleitos hoje.

Leia também: Prisão de empresário suspeito de locaute durante greve é mantida pela Justiça

Segundo informações do TSE , os mandatários anteriores nessas cidades foram afastados por decisão da Justiça Eleitoral por indeferimento do registro de candidatura ou por cassação de mandato. Em todas as 20 cidades, as eleições suplementares acontecem entre 8h e 17h no horário local.

Os municípios que terão novas eleições para prefeito e vice-prefeito são: Jeremoabo (BA), Pirapora do Bom Jesus, Bariri e Turmalina (SP), Umari, Tianguá, Frecheirinha e Santana do Cariri (CE), Teresópolis (RJ), Bom Jesus (RS), Niquelândia (GO), Vilhena (RO), Guanhães, Ipatinga e Pocrane (MG), João Câmara, Pedro Avelino, São José do Campestre, Parazinho e Galinhos (RN).

Leia também: Tiroteio em comunidade Vila Kennedy, no Rio, deixa dois mortos e três feridos

Além do pleito deste domingo no Tocantins e em 20 cidades de nove estados, no próximo dia 24 de junho, eleitores de mais seis municípios - Santa Luzia, Itanhomi e Timóteo (MG); Cabo Frio e Rio das Ostras (RJ); e Moju (PA) - também voltarão às urnas para escolher prefeitos e vice-prefeitos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.