Tamanho do texto

Uma mulher, de 21 anos, e um homem, de 50, foram presos na abordagem que foi realizada na Rodovia Washington Luiz, na Baixada Fluminense

Motorista que levava as munições de fuzil disse que receberia R$ 1,5 mil para entregar o carro no Complexo do Alemão
Divulgação
Motorista que levava as munições de fuzil disse que receberia R$ 1,5 mil para entregar o carro no Complexo do Alemão

Mais de mil munições de fuzil, de uso restrito das forças de segurança, foram apreendidas por agentes da PRF (Polícia Rodoviária Federal) na tarde deste sábado (2). Uma mulher, de 21 anos, e um homem, de 50, foram presos na abordagem que foi realizada na Rodovia Washington Luiz (BR-040), em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense .

Leia também: Banhistas flagram momento em que tubarão aparece em praia do Rio de Janeiro

A ação que terminou com a descoberta das munições de fuzil contou com apoio da Desarme (Delegacia Especializada em Armas, Munições e Explosivos), da Polícia Civil. O casal foi parado em uma blitz na descida da serra de Petrópolis, pista em direção ao Rio de Janeiro.

Durante a abordagem, os agentes descobriram que a mulher não levava consigo nenhum tipo de documento, mas o que chamou atenção mesmo foi o nervosismo do homem que dirigia o carro. Por conta da reação do motorista, foi realizada uma revista ao veículo, que resultou na descoberta da munição, que estava escondida embaixo do banco traseiro e dentro do painel frontal do veículo.

Leia também: Morre australiano condenado por pedofilia que foi atropelado em Copacabana

Munição ia para o Complexo do Alemão

O motorista revelou aos agentes que saiu de Brasília e receberia R$ 1,5 mil para entregar o carro no Complexo do Alemão, na zona norte do Rio de Janeiro. Ele disse ainda que não tinha conhecimento sobre a munição escondida no carro. Com relação à passageira, o motorista informou que foi buscá-la em Petrópolis e, após entregar o carro, seguiriam para um hotel.

O casal foi preso e levado para a Cidade da Polícia, onde fica a sede da Desarme. Tanto o homem quanto a mulher foram autuados em flagrante por transportar munição de uso restrito das forças de segurança. Depois de autuado, o casal foi encaminhado a um presídio do estado, onde ficará à disposição da Justiça.  

Leia também: Sete pessoas foram presas por crime eleitoral durante eleição no Tocantins

A ação que apreendeu as munições de fuzil fez parte da operação Égide, que reforça o policiamento nas rodovias federais do Rio de Janeiro, de acordo com nota publicada pela PRF.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.