Tamanho do texto

Avião militar caiu nas proximidades da Rodovia Rio-Santos, após sofrer uma falha; equipes da Força Aérea vão analisar as possíveis causas do acidente

Avião da FAB caiu próximo à rodovia Rio-Santos, mas ninguém ficou ferido; os militares conseguiram ejetar
Reprodução/Twitter
Avião da FAB caiu próximo à rodovia Rio-Santos, mas ninguém ficou ferido; os militares conseguiram ejetar

Um avião da Força Aérea Brasileira (FAB) caiu, na manhã desta quinta-feira (24), na zona oeste da cidade do Rio de Janeiro. De acordo com as informações cedidas pela Aeronáutica, os dois pilotos que eram os únicos ocupantes da aeronave conseguiram se ejetar antes da queda e estão bem.

Leia também: Avião com 500 kg cocaína é interceptado pela FAB em Mato Grosso

Segundo a FAB , o avião sofreu uma pane logo depois de decolar. Ele havia saído, de acordo com a Aeronáutica, da Ala 12 da Base Aérea de Santa Cruz, por volta das 7h40. A queda aconteceu minutos depois.

"A tripulação realizava um voo local de treinamento e detectou uma falha, que obrigou os pilotos a se ejetarem. A aeronave foi direcionada a uma região desabitada, sem causar danos pessoais ou materiais no solo", diz a nota da FAB.

A Polícia Rodoviária Federal informou à imprensa que a aeronave caiu próximo à rodovia Rio-Santos (BR-101), na altura do parque Cidade das Crianças – parque Leonel Brizola, localizado em Santa Cruz. 

Leia também: Avião do DJ Alok derrapa durante decolagem e sai da pista em Juiz de Fora

De acordo com o Corpo de Bombeiros, para lidar com os destroços do acidente, homens do quartel de Santa Cruz foram deslocados imediatamente para o local. Além disso, equipes de investigação estão no local para apurar os fatores contribuintes da ocorrência.

Caça F-5 Tiger da Força Aérea Brasileira
Repordução
Caça F-5 Tiger da Força Aérea Brasileira


Repercussão e pedido de respeito feito pela FAB

Nas redes sociais, imagens compartilhadas por internautas mostram a nuvem de fumaça que se formou sobre o local do acidente. Além disso, o perfil oficial da Força Aérea Brasileira publicou sobre o acidente. 

Os pilotos envolvidos no acidente foram resgatados e levado para o hospital. Ainda em sua página oficial, a Aeronáutica se posicionou contra a divulgação e o compartilhamento de vídeos que mostram o momento do acidente, afirmando que essas imagens são 'desrespeitosas', por expor as vítimas.

Leia também: Rodrigo Maia viajou 250 vezes em aeronaves da FAB em apenas um ano


* Com informações da Agência Brasil.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.