Tamanho do texto

Troca de tiros entre polícia e criminosos deixou vítimas na Rocinha, no Complexo do Chapadão, no bairro da Praça Seca e na Cidade de Deus

Um dos baleados foi atingido em frente a supermercado no bairro da Praça Seca, no Rio de Janeiro
Reprodução/Wikimedia Commons
Um dos baleados foi atingido em frente a supermercado no bairro da Praça Seca, no Rio de Janeiro

O fim da semana útil não trouxe paz para os fluminenses, que já enfrentavam uma das semanas mais violentas do ano. Isso porque, em menos de 24 horas, ao menos sete pessoas morreram e outras oito foram baleadas em tiroteios na Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

Leia também: Rio tem dia violento com pânico em escola, tiros na Linha Amarela e reféns

De acordo com o jornal O Globo , na noite de sexta-feira, policiais entraram em confronto com criminosos na Rocinha , na Zona Sul do Rio de Janeiro . Após troca de tiros, dois homens foram feridos e levados ao Hospital Miguel Couto, na Gávea. Um deles não resistiu e morreu. Na ocorrência, a PM afirma que foram apreendidos uma mochila com entorpecentes e fogos. Um criminoso conseguiu fugir e um menor foi levado sob custódia.

Leia também: Eike Batista vira youtuber e promete vídeos semanais sobre o Brasil

Também na noite de sexta, quatro suspeitos foram mortos em operação da polícia no Complexo do Chapadão, na Zona Norte. Eles foram baleados em confronto entre bandidos e policiais em um local conhecido como Pirâmide. Três deles chegaram vivos ao Hospital Carlos Chagas, em Marechal Hermes, mas não resistiram. O terceiro já chegou morto ao pronto-socorro. De acordo com a polícia, foram encontradas três pistolas com os suspeitos.

No bairro da Praça Seca, na Zona Oeste do Rio, uma pessoa morreu e outras duas foram baleadas durante um tiroteio nas comunidades do Bateau Mouche e Chacrinha nesta sexta-feira. Entre os feridos, estão uma adolescente de 15 anos, que passa bem após cirurgia, e um homem de 35 anos, que segue em situação estável após ser atingido no abdômen por uma bala perdida em um supermercado. A vítima fatal foi um homem de 34 anos que foi baleado na cabeça.

No sábado, uma mulher de 39 anos também foi baleada em tiroteio na Praça Seca. Ela foi levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas, de acordo com O Globo , ainda não há informações sobre seu estado de saúde.

O comando da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) informou que um homem morreu neste sábado durante tiroteio entre policiais e criminosos. Segundo a polícia, o objetivo inicial da operação era "reprimir o tráfico de drogas e roubo de cargas e de motocicletas na comunidade".

Leia também: Operador da Lava Jato, Raul Schmidt é preso em Portugal e será extraditado

Durante a abordagem na região conhecida como Pantanal, em Duque de Caxias, Região Metropolitana do do Rio de Janeiro, os políciais foram atacados. Houve confronto e, depois das buscas, um homem foi encontrado ferido no chão, com uma pistola. Ele foi levado para o Hospital Municipal Lourenço Jorge, mas não resistiu aos ferimentos. Outros quatro homens foram presos com drogas.

* Com informações da Agência Brasil.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.