Tamanho do texto

Professora de dança foi derrubada de moto, arremessada e atropelada; quando recebia atendimento, foi atropelada novamente por outro carro

Alessandra Andrade era professora do SESI e voltava de uma apresentação quando sofreu acidente
Arquivo pessoal
Alessandra Andrade era professora do SESI e voltava de uma apresentação quando sofreu acidente

Em um acidente na Rodovia Anchieta, uma professora de dança de Santos, litoral paulista, morreu após ter sido atropelada duas vezes em um intervalo de apenas cinco minutos. O caso aconteceu na madrugada deste domingo (3), quando Alessandra Andrade, que dava aulas no SESI, voltava de uma apresentação.

Leia também: Professor é agredido com soco no rosto por aluno em escola de São Paulo; veja

Segundo informações divulgadas pela Polícia Militar (PM), a professora de dança pilotava uma moto na rodovia que liga São Paulo a Baixada Santista no momento do acidente . Inicialmente, ela foi atingida por um carro, o que a fez ser arremessada e atropelada logo em seguida. O motorista abandonou o lugar sem prestar socorro à vítima e não foi localizado pelas autoridades. 

Percebendo a situação, outro motorista que passou pelo local alguns minutos depois decidiu parar para ajudar Alessandra. No momento em que era auxiliada, a professora foi atropelada mais uma vez por outro carro. Ela foi novamente arremessada e morreu no local. O motorista que prestava socorro não foi atingido pelo veículo. 

Leia também: Protestos em Honduras deixam uma pessoa morta e ao menos 20 feridos

De acordo com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), os acidentes aconteceram perto das 5h. Algumas imagens registradas por câmeras de monitoramento instaladas na rodovia podem ajudar a deixar claro o que ocorreu no caso.

Para a polícia, o autor do primeiro atropelamento será identificado com facilidade. Segundo as informações da organização, a placa do veículo caiu no momento da colisão e chegou às mãos das autoridades, que tomarão as providências para encontrar o motorista .

Outro caso

Antes da morte de Alessandra Andrade, outro acidente grave já havia sido registrado em uma importante rodovia do País neste final de semana. Na Wasington Luís, sentido Rio de Janeiro, dois caminhões e um ônibus colidiram na madrugada do último sábado (2), deixando uma pessoa morta e outra gravemente ferida. 

Leia também: Marina Silva se lança pré-candidata à Presidência do Brasil em 2018

O acidente resultou na interdição da pista central da rodovia, na altura do quilômetro 123, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Após a normalização, a pista foi liberada, mas o trânsito permaneceu confuso durante algumas horas. A vítima ferida foi levada para o Hospital de Saracurana em estado grave.

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.