Tamanho do texto

Mensagem que começou a ser propagada pela plataforma de mensagem informa que o eleitor tem até o dia 7/12 para cadastrar digital e caso não faça, pagará multa no valor de R$ 150; TSE desmentiu informação

WhatsApp: mensagem sobre multa é falsa
Reprodução
WhatsApp: mensagem sobre multa é falsa

Recebeu uma mensagem pelo WhatsApp informando sobre uma multa caso não corra a um dos cartórios eleitorais para cadastrar as digitais? Apague. A mensagem, enviada como uma corrente, afirma ainda que o não cadastramento acarreta em uma multa no valor de R$ 150, porém ela é falsa.

Leia também: Vice-cônsul dos EUA é baleada durante tentativa de latrocínio em rodovia no Rio

Maldosos usaram o cadastramento biométrico que está em fase de implementação do País e o potencial de rápida propagação do WhatsApp , para alarmar a população. A mensagem informava ainda que o prazo era até o dia 7 de dezembro, ou seja, menos de 15 dias para regularização, além de enfatizar que o não cadastramento poderia gerar o cancelamento do RG e do CPF .

É mentira

Na terça-feira (21), o Tribunal Superior Eleitoral ( TSE ) informou em seu site que o boato é falso, nenhuma multa será aplicada aos eleitores. Foi ressaltado pelo TSE que o cadastramento é obrigatório sim, porém existe prazo para a realização de tal procedimento. Quem quiser consultar das datas, basta clicar neste link.

"A biometria é um método tecnológico que permite reconhecer, verificar e identificar uma pessoa por meio de suas impressões digitais, que são únicas", informa a publicação ao ressaltar o prazo para que todos os eleitores tenham para realizarem o cadastramento. "O eleitor deve ficar atento ao calendário estabelecido pelos respectivos Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) para fazer o cadastramento dos eleitores em cada Estado".

Foi desmentida ainda pela autoridade a possibilidade de cancelar documentos como o RG e o CPF de qualquer cidadão. “A legislação eleitoral não prevê, em nenhum momento, o cancelamento de outros documentos, a não ser o título de eleitor".

Leia também: Parte do teto da marquise do Ibirapuera desaba; Prefeitura de SP investiga causa

Caso tenha recebido essa mensagem, desconsidere, pois não será multado nem tampouco terá o título de eleitor cancelado. Este último caso ocorre apenas nas seguintes condições:

Ficar por mais de três eleições seguidas sem votar e justificar o fato ao TRE;

Caso não compareça a convocação para o cadastramento biométrico, que é obrigatório.

No site do TSE o eleitor pode verificar os locais em que o cadastramento foi disponibilizado, consulte aqui. Infelizmente o WhatsApp passa por constantes situações como este. Golpes com voucher de descontos e produtos grátis afetam milhares de usuários da plataforma de mensagem.

Leia também: MP denuncia 213 pessoas pelo massacre em presídio de Manaus