Tamanho do texto

Entre os locais alvo da operação estão possíveis bases do PCC, no bairro da Bela Vista, na região central da capital paulista; ao menos 17 foram detidos

Serão cumpridos 20 mandados de busca e apreensão contra integrantes do crime organizado e do tráfico de drogas
Reprodução
Serão cumpridos 20 mandados de busca e apreensão contra integrantes do crime organizado e do tráfico de drogas

A Polícia Civil e a Federal deflagram, desde as primeiras horas da manhã desta sexta-feira (10), duas operações distintas contra o tráfico de drogas e a facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital), na Grande São Paulo. A operação da Civil é realizada pelo Grupo de Operações Especiais (GOE).

Leia também: 'Apadrinhado' por caciques do PMDB, novo chefe da PF tomará posse no dia 20

Ao todo, serão cumpridos 20 mandados de busca e apreensão contra integrantes do crime organizado e do tráfico de drogas no centro e na zona Norte da capital. Pelo menos 17 já foram presas, sendo 15 pela operação da Polícia Civil e duas na da PF. 

Também durante a ação desta sexta, o GOE apreendeu dinheiro, drogas, balança de precisão e embalagens para venda de entorpecentes.

Leia também: Sergio Moro manda Polícia Federal tirar lacre do acervo do ex-presidente Lula

De acordo com as primeiras informações, entre os locais alvo da operação estão possíveis bases do PCC, no bairro da Bela Vista, na região central da capital paulista. Um dos detidos, inclusive, é um homem apontado pela polícia como alguém que possui um cargo de chefia dentro da organização.

Além de ações na capital, as polícias também cumprem ordens judiciais para a cidade de Guarulhos, na região metropolitana.

Operação da PF chega ao Rio de Janeiro

A operação da Polícia Federal também foi deflagrada nesta sexta-feira no Rio de Janeiro. A intenção da ação da PF foi desarticular uma organização criminosa especializada em desviar produtos químicos para o tráfico de drogas. 

Leia também: Michel Temer nomeia Fernando Segóvia para chefiar a Polícia Federal

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.