undefined
Reprodução/TV Globo
Uma pessoa morreu e pelo menos oito ficaram feridas em uma queda de muro no Rio de Janeiro

Pelo menos uma pessoa morreu e outras oito ficaram feridas na manhã desta quarta-feira (8), após uma queda de muro, em Benfica, na zona norte da capital do Rio de Janeiro . De acordo com o Corpo de Bombeiros , os feridos foram encaminhados para os hospitais municipais Souza Aguiar e Salgado Filho.

Leia também: Cratera engole casa e fecha trecho de rodovia em Petrópolis, no Rio; assista

Os bombeiros continuam no local buscando possíveis vítimas que ainda estejam soterradas após a queda de muro , com a ajuda de um cão farejador. A Defesa Civil Municipal e a Polícia Militar também estão no local, auxiliando os bombeiros de quatro quartéis e do Grupamento e Busca e Salvamento.

Ainda de acordo com o Corpo de Bombeiros, os quarteis foram acionados para socorrer 11 vítimas, mas até as 11h, apenas nove pessoas tinham sido resgatadas.

Seis quartéis da corporação tentam localizar as outras possíveis vítimas nos escombros. Ao todo, 48 bombeiros trabalham na ação.

Além do morto, três feridos em estado leve foram levados para o Hospital Salgado Filho, no Méier (dois deles – um homem e uma mulher – com fraturas nas pernas e uma mulher de 35 anos com fratura no braço)

Um homem e uma mulher feridos estão internados em estado grave. A paciente tem cerca de 50 anos e está respirando por aparelhos, no mesmo hospital que os demais feridos. Já o homem, de 43 anos, teve traumas na cabeça e no tronco e está sendo estabilizado no Hospital Municipal Souza Aguiar. 

Segundo moradores, os feridos eram usuários de crack que começaram a se concentrar na região no início do ano, utilizando o muro para se abrigar, com barracas improvisadas coladas à estrutura que desabou.

Leia também: Ossadas são encontradas dentro de sala de aula em escola na Paraíba

A construção que desabou é do Morar Carioca, da Secretaria Municipal de Habitação do Rio de Janeiro, considerado o maior programa de urbanização de favelas do país.

Segundo o Centro de Operações da Prefeitura do Rio de Janeiro, a Rua Couto de Magalhães, onde ocorreu o desabamento está totalmente interditada.

Deslizamento em Petrópolis

O acidente aconteceu menos de 24 horas depois de outra tragédia, que deixou pelo menos 50 casas interditadas, às margens da BR-040, que liga o Rio de Janeiro a Juiz de Fora (MG). 

O incidente foi um deslizamento ocorrido na manhã desta terça-feira (7). Ele ocorreu na altura do quilômetro 81 da rodovia, em Petrópolis (região serrana do estado), e resultou numa enorme cratera que engoliu uma casa.

Ainda não há informações oficiais sobre o motivo do deslizamento, mas há suspeitas de que um caminhão tenha levado um poste após enroscar na fiação local. Já sobre a queda do muro, a polícia não informou se sabe o motivo do acidente.

Leia também: Bebê é abandonada pelo pai em estação de trem em São Paulo

* Com informações da Agência Brasil.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Mostrar mais

      Comentários