undefined
REPRODUÇÃO/AGÊNCIA BRASIL

Técnico repõe óculos na estátua do poeta, que no domingo voltou a ser alvo de um vândalo

A estátua do escritor Carlos Drummond de Andrade foi novamente vandalizada no Rio de Janeiro durante o fim de semana e a  Secretaria de Conservação e Meio Ambiente fez um registro de furto na polícia nesta segunda-feira (30). Os óculos da estátua foram levados dessa vez. É a 11ª vez que o monumento é alvo de vandalismo.

Veja também: Foto de Michael Jackson com fuzil viraliza e gera operação policial no Rio

Imagens de câmeras de segurança do Centro de Operações do Rio de Janeiro flagraram, na madrugada do sábado (28) para o domingo (30),  um homem carregando uma mochila e usando uma camisa listrada e boné. Ele chutou o rosto da estátua do poeta, arrancando os óculos de Drummond. Em seguida, o homem os pegou no chão e foi embora. Pela imagem das câmeras, é possível determinar que o vândalo agiu sozinho.

A manutenção da estátua era feita pela multinacional francesa Essilor/Varilux até janeiro de 2016, quando o contrato de adoção da escultura foi interrompido. Agora, para a empresa ou qualquer outra fazer a adoção é preciso que a prefeitura realize uma nova licitação.

Você viu?

De acordo com Fundação Parques e Jardins do Rio, desde que o termo foi interrompido, a manutenção do monumento é feita pela Secretaria de Conservação e Meio Ambiente, que vai avaliar a reposição imediata dos óculos.

Leia também: Com um caso por minuto, roubos e furtos de veículos superam 1 milhão em 2 anos

 Homenagem a Drummond

A estátua foi instalada na orla da praia de Copacabana , na altura do posto 6, em outubro de 2002 para comemorar o centenário do escritor nascido em Itabira, em Minas Gerais, em 31 de outubro de 1902. Ela foi esculpida em bronze pelas mãos do mineiro Leo Santana e pesa cerca de 150 quilos. O monumento retrata um momento rotineiro da vida de Drummond, que sempre sentava em um banco do calçadão de Copacabana para observar o mar.

Leia também: Brasil tem recorde de violência com sete mortes intencionais por hora em 2016

*com informações da Agência Brasil

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários