Tamanho do texto

A jogada das operadoras em receber programação de graça e cobrar de seus assinantes não funciona mais. O consumidor não aceita mais ser enganado

A recente polêmica criada pelas operadoras de TV por assinatura, que se recusam a remunerar os canais de TV nacionais, está repercutindo muito mal e trazendo resultados negativos para SKY e NET, que continuam a perder audiência e assinantes. 

Leia também: RedeTV!, Record e SBT ameaçadas. Empresários e empregos em risco

Operadoras NET, Claro, Sky e Embratel perderam o sinal digital da Record, Rede TV! e SBT e desrespeitaram clientes
iG São Paulo
Operadoras NET, Claro, Sky e Embratel perderam o sinal digital da Record, Rede TV! e SBT e desrespeitaram clientes

Durante décadas, as TVs brasileira operaram com sinal analógico gratuito, ou seja, bastava comprar um aparelho de televisão, colocar um Bombril na antena e curtir seus programas preferidos. Mais recentemente, os canais brasileiros fizeram pesados investimentos para transformar e transmitir toda sua grade de programação utilizando a tecnologia digital, também oferecida gratuitamente para qualquer um em todo Brasil, menos pelas operadoras de TV

Há alguns anos, com a chegada das TVs por assinatura, os canais de televisão nacionais, ou TVs abertas, liberaram gratuitamente seus sinais analógicos e digitais para as operadoras, que por sua vez, os incluem em seus pacotes de programação e vendem para seus clientes. 

Leia também: Operadoras de TV a cabo menosprezaram produto nacional e agora lesam consumidor

Há poucas semanas, como previsto em legislação, o sinal analógico das TVs abertas foi extinto, motivando algumas destas emissoras a demandar o mesmo tratamento comercial e modelo de negócio que as operadoras de TV paga praticam mundialmente, ou seja, remunerar seus fornecedores de conteúdo. É exatamente assim que agem com canais como a CNN, HBO, Discovery, National Geographic, ou seja, as operadoras compram o conteúdo destes canais e os revendem para seus assinantes. 

Ao se recusar a pagar as TVs brasileiras as operadoras fizeram uma aposta perigosa. Assumiram que os canais nacionais não iram reagir e se reagissem nada iria acontecer. Erraram nas duas suposições. A Rede Record, RedeTV! e SBT decidiram retirar seu sinal digital gratuito das mega operadoras e tanto a audiência como assinantes das TVs pagas começaram a cair. 

Leia também: SBT, Record e RedeTV! deixam a programação das operadoras de TV por assinatura 

E isso faz todo sentido. Por que um assinante que contratou um serviço digital da NET ou SKY para ver o programa do Silvio Santos ou as novelas da Record, precisa pagar uma mensalidade se estes mesmos programas podem ser assistidos gratuitamente, com a mesma qualidade digital, nas TVs abertas? E mais, quando o consumidor contratou este serviço, seu pacote incluía a programação da Record, RedeTV! e SBT e agora isso não é mais oferecido, mas a mensalidade continua a mesma. A jogada das operadoras em receber programação de graça e cobrar de seus assinantes não funciona mais. O consumidor não aceita mais ser enganado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.