Em clima de suspense, seguranças noturnos filmaram
Reprodução/Twitter
Em clima de suspense, seguranças noturnos filmaram "fantasma" batendo porta em escola pública da cidade de Araucária

Se você está em algum grupo do WhatsApp, pode ser que tenha se deparado com um vídeo "horripilante" no último fim de semana: um corredor escuro, luzes que acendem e apagam, e uma porta de extintor que abre e fecha sem cessar. Seguranças do lugar aparecem assustados e não encontram nada nem ninguém que possa estar causando os efeitos. Se ainda não assistiu, o vídeo foi chamado como "o fantasma do IML de Cuiabá" -- mas, na verdade, foi gravado na cidade de Araucária, na região metropolitana de Curitiba, no Paraná.  

Leia também: Parece filme de terror, mas não é: fórum reúne histórias reais assustadoras

Apesar de só terem sido divulgadas no último domingo (12), as imagens do " fantasma " batendo a portinha de metal foram capturadas por dois seguranças noturnos do Centro de Atendimento Integral à Criança e ao Adolescente (CAIC) durante as férias de janeiro deste ano, segundo confirmou ao iG o Secretario Municipal de Educação de Araucária, Henrique Theobald. 

A prefeitura da cidade anunciou que vai abrir sindicância para apurar a conduta dos agentes de segurança, que já foram identificados, na tentativa de entender se alguma parte do vídeo é real ou se foi tudo "uma brincadeira".

No vídeo, um segurança filma enquanto o outro, com uma lanterna, caminha em direção à porta batendo. As luzes do local piscam e se apagam por um tempo conforme os dois se aproximam da fonte do problema.

Leia também: Após suposta gravidez de dois anos, mulher diz ter dado à luz cabrito na Nigéria

Você viu?

Quando chegam, a porta para de bater e os dois homens constatam que não há mais ninguém no prédio. Por causa do cenário misterioso e da falta de explicação lógica, internautas atribuíram o acontecimento a seres sobrenaturais.

Repercussão

Assim que foi compartilhada nas redes sociais, a filmagem tumultuou o Twitter e fez com que “IML de Cuiabá” se tornasse um dos termos mais utilizados por usuários durante o fim de semana. Na segunda-feira (13) pela manhã foi revelado que o cenário do vídeo não era Instituto Médico do Mato Grosso, mas sim uma escola pública no Paraná.

Independente da origem do vídeo, na rede social as pessoas reagiram à "interação sobrenatural" da melhor forma possível: fazendo memes sobre como se sentiram ao assistir o encontro entre os seguranças e o suposto “fantasma”.

Leia também: Em vídeo, suposto disco voador "aspira" água de oceano; assista

Em geral, internautas disseram ter se assustado ao assistir o vídeo. A veracidade das imagens não foi contestada e a única dúvida era, quanto ao local onde a filmagem teria acontecido, questão que mais tarde foi esclarecida. Assita ao "fantasma do IML" e tire suas próprias conclusões.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários