Tamanho do texto

Acidente ocorreu na Vila Carmosina, região de Itaquera, depois do Centro de Gerenciamento de Emergências colocar toda a capital em estado de atenção

Desmoronamento ocorreu por volta das 17h na região de Itaquera, deixando ao menos 12 feridos, segundo os Bombeiros
Globo/ Reprodução 01.02.2017
Desmoronamento ocorreu por volta das 17h na região de Itaquera, deixando ao menos 12 feridos, segundo os Bombeiros

Bombeiros precisaram ser acionados após um desmoronamento deixar ao menos 12 pessoas feridas na Vila Carmosina, na região de Itaquera, em São Paulo. O acidente ocorreu depois que fortes chuvas colocaram toda a cidade em estado de atenção para alagamentos na tarde desta quarta-feira (1).

LEIA MAIS: Governo inaugura na zona leste o maior piscinão da capital paulista

O CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências) informou que foram registrados 11 pontos de alagamento em São Paulo . A pior situação foi de Itaquera, na Zona Leste, com quatro vias intransitáveis. O problema também foi registrado na Freguesia do Ó, na Zona Norte; região da Sé, no Centro; Santo Amaro, Ipiranga e Vila Mariana, na Zona Sul. Também foram registradas sete quedas de árvore.

E se o trânsito chegou a ficar abaixo da média no início da tarde, a partir das 15h30 ele passou de 24 km de congestionamento para 59 km às 16h, um intervale de apenas 30 minutos. De acordo com a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego), às 17h, os motoristas chegaram a enfrentar a 110,2 km de lentidão.

LEIA MAIS: PM usa bombas de gás e balas de borracha contra manifestação em frente à Alerj

A CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) registrou problemas nas linhas 11-Coral e 12-Safira. Já o Metrô manteve sua operação normalmente. Apesar do céu nublado e rajadas de vento que chegavam a 53,2 km/h, o aeroporto de Congonhas, na Zona Sul, não precisou fechar para pouso e decolagem.

As fortes chuvas foram causadas pelo calor na capital que se chocou com alta umidade que chegava do interior do Estado. Na Zona Norte, houve risco de queda de granizo. De acordo com meteorologistas do CGE, as precipitações devem continuar ao longo da noite em diferentes pontos de São Paulo.

Previsão do tempo

Fortes chuvas no período da tarde, típicas de verão, devem continuar a cruzar o caminho do paulistano nos próximos dias
Shutterstock
Fortes chuvas no período da tarde, típicas de verão, devem continuar a cruzar o caminho do paulistano nos próximos dias

As fortes chuva no período da tarde, típicas de verão, devem continuar a cruzar o caminho do paulistano nos próximos dias. Segundo o CGE, nesta quinta-feira (2) o sol aparece entre nuvens, favorecendo a elevação das temperaturas. As mínimas ficam em torno dos 20ºC, enquanto as máximas não devem superar os 28ºC.

LEIA MAIS: Unidade da PM é incendiada no Rio Grande do Norte; dois suspeitos foram presos

Já a sexta-feira (3) começa com garoa fina desde a madrugada. Chuvas rápidas e isoladas devem ocorrer pela manhã, e a temperatura máxima pode chegar aos 29ºC. As precipitações com intensidade moderada à forte deve voltar a colocar São Paulo em estado de atenção no período da tarde.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.