André Mendonça em sabatina na CCJ do Senado
reprodução/tv senado
André Mendonça em sabatina na CCJ do Senado

Após quatro meses de espera, o ex-advogado-geral da União, André Mendonça, passa nesta quarta-feira (1) por sabatina na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado Federal . Durante o pronunciamento inicial, o ex-AGU disse se comprometer com o Estado laico e afirmou que, caso seja aprovado para o Supremo, não fará manifestações religiosas durante as sessões do tribunal.

Acompanhe ao vivo


"Eu me comprometo com o Estado laico. Considerando discussões havidas em função de minha condição religiosa, faço importante ressaltar minha defesa do Estado laico", disse.

"Por mais que eu seja genuinamente evangélico, entendo não haver espaço para manifestação pública religiosa durante as sessões do STF", continuou.

A expectativa é que o indicado por pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) passe por uma inquirição dura na CCJ, embora conte com o apoio da maioria do colegiado, composto por 27 integrantes. As principais questões envolvem as posições dele sobre a Operação Lava Jato e sua atuação enquanto ministro da Justiça sobre inquéritos contra opositores do governo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários