Flagra de caça russo sobrevoando a Ucrânia em meio à guerra
Reprodução / Twitter - 24.02.2022
Flagra de caça russo sobrevoando a Ucrânia em meio à guerra

O Governo da Ucrânia divulgou a informação de que a Rússia bombardeou uma mesquita que servia de abrigo para 80 pessoas em Mariupol, entre elas, diversas crianças. Ainda não há notícias sobre mortos e feridos no local. A Rússia nega as acusações sobre o ocorrido, enquanto cerca a cidade, impedindo moradores de saírem da região. Trata-se de uma cidade estratégica para os russos, que a sitiam faz 11 dias.

A ONU afirma que a situação no local é crítica. Analisa que há severa falta de suprimentos e energia, tudo em meio a um frio severo, com inúmeros cidadãos turcos presentes. A Rússia continua alegando que não está atacando civis, e sim, apenas alvos militares.

Segundo a agência de notícias AFP, o presidente da associação que administra a mesquita foi contatado pelo canal turco HaberTürk nesta tarde de sábado, e assegurou que a mesquita não foi atingida.

O governo turco ainda não comentou sobre o assunto. O Ministério das Relações Exteriores da Turquia, contatado pela AFP, disse que "não tinha informações". Após várias ocorrências de bombardeios, a própria Rússia acusa a Ucrânia de forjas esses ataques .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários