Dilma e Lula estão
Reprodução/redes sociais
Dilma e Lula estão "fechados" para a campanha eleitoral de 2022

A ex-presidente Dilma Rousseff afirma hoje (5) em suas redes sociais que não vai se candidatar a nenhum cargo nas eleições de 2022, bem como explica o que o que chamou de “intrigas” sobre a sua relação com o ex-presidente Lula. Dilma sugere alguns rumores sobre seu futuro na política e diz, entre outras coisas, que não se sente isolada dentro do PT e que sua relação com Lula é inabalável.

“Não adianta quererem fazer intriga entre mim e o presidente Lula . Nossa relação de confiança já foi testada inúmeras vezes e é inabalável”, afirma a ex-presidente Dilma . Vale lembrar que, nas eleições de 2018, a Dilma concorreu a uma vaga ao Senado, mas recebeu 15% dos votos e acabou em quarto lugar na disputa.

Lula, que é um dos que mais se opõem ao atual governo, declarou sua leitura da relação do presidente Bolsonaro com o Congresso. Na visão do petista, o "presidente da República não tem poder de mando, não tem controle, não tem credibilidade”, afirma.

“Então quem está fazendo investimento é o Congresso Nacional e não o presidente da República. Aliás, vou te dizer uma coisa: desde Dom Pedro, até agora, nunca tivemos ninguém que rastejasse tanto diante do Congresso Nacional como o presidente Bolsonaro. Não tem relação, ele está de quatro diante do Congresso. Não tem decisão, não decide sobre o orçamento e não tem força para dizer o que fazer", complementa.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários