Parlamentar foi gravado apalpando os seios da deputada estadual Isa Penna (PSOL) em dezembro do ano passado
Reprodução
Parlamentar foi gravado apalpando os seios da deputada estadual Isa Penna (PSOL) em dezembro do ano passado

O deputado estadual Fernando Cury (Cidadania) foi notificado, nesta sexta-feira, por importunação sexual. A Justiça de São Paulo determinou que ele fosse intimado em abril deste ano. Cury, contudo, só foi localizado ontem, seis meses depois.

Fernando Cury foi denunciado pelo Ministério Público, em março. A denúncia foi oferecida pelo procurador-geral Mario Luiz Sarrubbo. Segundo ele, a conduta de Cury foi de "absoluto descaso para com a parlamentar vítima, sua condição de mulher, além de atingir a própria imagem da Casa Legislativa e de seus respeitáveis integrantes". Sarrubbo classificou o ato do parlamentar como "concretamente grave".

Com a denúncia oferecida, o desembargador João Carlos Saletti, do Órgão Especial do Tribunal de Justiça, determinou que Cury fosse notificado sobre o teor do caso e determinou um prazo para a manifestação da defesa. Cury só foi localizado e recebeu a notificação na sexta-feira, 15.

Leia Também

Em dezembro do ano passado, a deputada estadual Isa Penna (PSOL) foi assediada no plenário da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) pelo deputado Cury. As imagens internas da Alesp mostraram o momento em que o parlamentar apalpa os seios de Isa, quando faz menção em abraçá-la pelas costas.

Diante do fato, a Comissão de Ética da Alesp aprovou uma pena inicial branda para o deputado, com afastamento por 119 dias, tempo menor do que o recomendado pelo relator.

Em suas redes sociais, Isa Penna comentou a notificação de Cury. "Eu sei que para algumas mulheres esse dia nunca chega, mas é uma eternidade dez meses após o ocorrido. Cury fugiu durante quatro meses da Justiça, endereços desencontrados e e-mails não respondidos, até porque ele acha que não fez nada", escreveu.

Anteriormente, Cury defendeu-se do caso dizendo que o abraço foi um "gesto de gentileza".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários