Governo americano recomendou que as pessoas não tentassem ir ao aeroporto neste sábado
Reprodução
Governo americano recomendou que as pessoas não tentassem ir ao aeroporto neste sábado

Pelo menos quatro pessoas foram pisoteadas até a morte nos arredores do aeroporto de Cabul, no Afeganistão, tentando sair do país. As quatro eram mulheres e estavam com medo de possível repressão do regime após a tomada do país pelo Talibã, informa o jornal britânico The Mirror.

O correspondente da Sky News Stuart Ramsay tweetou da cena: “Milhares, talvez dezenas de milhares, esmagados até onde a vista alcança. Na frente, militantes do Talibã espancaram os afegãos com bengalas”. Segundo o jornal, ontem houve aglomeração na porta do aeroporto. 

Os esquadrões ficaram nas paredes do complexo, borrifando a multidão com mangueiras para tentar resfriá-los enquanto os médicos corriam entre as vítimas.

Enquanto isso, o Reino Unido está pedindo ao presidente norte-americano Joe Biden que adie a retirada das forças dos EUA para que possam continuar a ajudar no transporte aéreo em massa.

Foi relatado que o último voo britânico poderia ser na manhã de terça-feira, com até 6.000 britânicos e afegãos a serem evacuados.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários