Polícia Civil
Reprodução/Polícia Civil
Polícia Civil

Agentes da Polícia Civil fizeram hoje (3) uma operação para prender suspeitos de integrarem uma milícia que atua em diversos bairros da região metropolitana do Rio de Janeiro.

Até as 15h20, dez pessoas haviam sido presas. Durante a operação, depósitos de gás e lojas clandestinas foram fechados, incluindo os dois explorados pelo miliciano Danilo Dias Lima, o Tandera. As identidades dos suspeitos não foram divulgadas. 

De acordo com a Polícia Civil, o procedimento visa investigar e impedir a exploração de atividades ilegais controladas pela milícia como cobranças irregulares de taxas dos moradores, centrais clandestinas de TV e internet, venda ilegal de terrenos, contrabando, entre outros crimes.

A ação é resultado de trabalho de inteligência e de investigações da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA), Delegacia de Roubos e Furtos de Automóveis (DRFA), Divisão de Capturas da Polícia Interestadual (DC-Polinter), Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), Delegacia de Roubos e Furtos de Cargas (DRFC), Delegacia de Combate às Drogas (DCOD), DDSD, DRCPIM, Decon, Desarme, Delfaz, e da Draco, unidades do DGPE.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários